Escolha o profissional certo para sua obra ou reforma

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Você já tentou realizar algum reparo em casa e o processo te trouxe tantos contratempos que logo veio o arrependimento? Provavelmente muitas pessoas já passaram por isso. Nem sempre economizar com mão de obra é a melhor escolha e sinônimo de redução de custo.

Mas então como escolher os profissionais certos para “tocar” o projeto de reforma de sua casa, ou empresa? Bom, o primeiro passo é não se desesperar e iniciar uma pesquisa minuciosa por empresas de mão de obra especializada, buscar referências, pedir indicações e não fazer nada sem um bom planejamento.

Há cinco cuidados básicos que você precisa ter no momento de contratar uma equipe de profissionais para executar o seu projeto de reforma e vamos listá-los para você.

1. Pesquise muito

A fase da pesquisa é a mais importante, pois é nesta hora que você precisa ter mais paciência para procurar profissionais sérios, responsáveis e altamente capacitados. Pode ser um eletricista, pedreiro ou pintor, o fato é que a mão de obra precisa ser especializada para evitar aborrecimentos, gastos e resultados não satisfatórios. A indicação sempre será o meio mais seguro de contratar um profissional para serviços de reforma, mas mesmo assim não é suficiente. Então além da indicação, realize buscas em sites de reclamação e peça que o profissional lhe apresente seu portfólio de projetos já realizados. Caso ele não tenha, peça, pelo menos, três referências e ligue para confirmar se estes clientes ficaram satisfeitos com o trabalho executado. Quanto mais técnica for a atividade, mais importante você verificar certificações e registros profissionais, como no caso de arquitetos e engenheiros.

2. A importância do orçamento

O orçamento é tão importante quanto o projeto. Os dois precisam conter todas as informações necessárias para a realização de uma reforma. O projeto contém todo o processo, etapas,  layout, designer, decoração, planta, etc. O orçamento calcula todos os gastos com mão de obra, materiais, tempo da obra e possíveis perdas. Com um orçamento em mãos você pode se planejar e adequar a obra à sua situação financeira. Não é nada agradável ter uma reforma parada no meio por falta de verba, por isso tudo precisa estar dentro do orçamento e de acordo com a sua condição financeira. Ao contratar uma empresa de mão de obra é preciso saber exatamente o valor total a ser investido na reforma de sua casa, ou empresa, e ainda ter uma margem para possíveis imprevistos que possam ocorrer durante a obra. Mas lembre-se de orçar pelo menos três empresas idôneas para que você consiga fazer um comparativo de preço, tempo de entrega da obra e forma de pagamento.

3. Cheque informações

Orçamento em mãos é hora de checar detalhadamente o que você está contratando. Faça um checklist confirmando a quantidade de pessoas que estarão envolvidas na reforma, início e previsão do término da obra, marcas/tipos de materiais que serão utilizados e exija qualidade, acerte sobre a compra destes materiais (se você será responsável por comprar, ou se a empresa tomará conta desta parte), caso você acerte de comprar os materiais peça referências de locais para encontrar o melhor custo/benefício e tire todas as dúvidas que surgirem. Este é o momento que todo o risco relacionados a gastos com materiais e contratação de mão de obra deve ser calculado e discutido.

4. Contrato no papel

Mesmo que sua confiança no profissional seja altíssima faça um contrato onde tudo esteja detalhado. Este documento deve conter todas as informações e negociações firmadas durante as tratativas finais. Faça questão dos detalhes e não esqueça de colocar o prazo que foi fechado para entrega da obra e a forma de pagamento.  É melhor “pecar” pelo excesso do que ter problemas no futuro com uma obra mal feita ou a utilização de produtos de baixa qualidade sem seu consentimento.

5. Avise a vizinhança

Reformas sempre causam chateações para os vizinhos. Barulho e muita poeira não agradam a ninguém, principalmente quando a obra não é em nosso imóvel. Por isso, é muito importante avisar, no caso de condomínio, ao zelador e síndico para que eles notifiquem a todos sobre a sua reforma. Não esqueça de encaminhar uma relação com o nome de todos os profissionais envolvidos no projeto para que possam ter livre acesso ao seu apartamento, ou empresa. Se for em uma casa, talvez não incomode tanto, mas se achar que causará algum transtorno, avise também. Não permita que haja barulho antes das 8h (ou 9h) e depois das 17h. Manter o bom relacionamento com todos vai te dar mais tranquilidade durante sua obra.

Agora, se você é um profissional e quer divulgar seu serviço, cadastre-se para receber solicitações de orçamentos e contatos para aumentar sua lista de clientes.

Gostou das dicas! Deixe seu comentário.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Olá,

Gostou desse artigo? Deixe seu comentário abaixo

Mais Lidas

Sem categoria
Admin

7 Dicas para manter sua casa organizada

Manter a casa organizada nem sempre é uma tarefa fácil, até mesmo pra quem tem a ajudinha dos parceiros  semanalmente ou quinzenalmente. Por isso, separamos

Conecte-se à maior rede de profissionais e
fornecedores da área da construção.

Menu principal

  • Construção
  • Projetos
  • Pequenas Reformas
  • Instalações
  • Limpeza em geral

Links importantes

  • Cadastre-se
  • Solicite orçamento
  • Dicas importantes
  • Política de privacidade
  • Termos de uso

Cadastre-se em nossa Newsletter.

Receba dicas, ofertas e descontos exclusivos, diretamente no seu e-mail com a nossa Newsletter, vamos lá Mãos a Obra e cadastre-se!

© 2016 - 2019 Mãos a Obra | Todos os direitos Reservados